Futuro

A imprensa do futuro é gratuita e fala a língua local. Traz notícias pouco comuns na internet ou na imprensa diária. Oferece dicas para que o leitor possa encontrar serviços, diversão, lazer, cultura e gastronomia perto de casa, para evitar trânsito, economizar, ganhar tempo e ainda demonstrar atitude sustentável, com baixo consumo de combustível e valorizando a economia regionalizada em uma metrópole como São Paulo.

A imprensa do futuro gera economia para o anunciante. Mais do que isso: permite que o anunciante estabeleça laços com a comunidade onde está seu público-alvo. A geração de empregos de forma localizada é inteligente e demonstra a responsabilidade sócio-ambiental da empresa.

A imprensa do futuro representa um canal de entrosamento entre poder público, cidadãos e empresários para desenvolvimento da urbanidade, com fomento à economia regionalizada e à participação de cada cidadão/leitor/cliente.

Ou seja, a imprensa do futuro é o jornal de bairro.